fbpx

janeiro 27, 2021

Gestão X controle da qualidade: qual a diferença?

Você certamente já ouviu falar em gestão da qualidade, assim como em controle da qualidade.

Nesse sentido, é importante destacar que a expressão “Gestão” e “Controle”, embora utilizados como sinônimos, não o são, em se tratando da Qualidade.

Não obstante a isso, as distinções entre os conceitos são ainda mais profundas quando se trata da questão de instituições de saúde.

Gestão da qualidade

Quando nos referimos à Gestão da Qualidade, estamos falando do alinhamento e da padronização dos processos internos e externos da instituição.

Nesse sentido, o objetivo de gerir a qualidade é se certificar de que todos os serviços atendam às expectativas dos clientes e do mercado. Ainda nesse sentido, estar em concordância com a legislação referente ao setor figura dentre os principais objetivos da Gestão da Qualidade.

De maneira geral, a Gestão da Qualidade se volta a entrega de confiabilidade e compromete-se com o ideal de zero defeitos. Para além do compromisso com a total satisfação do usuário dos serviços, a Gestão da Qualidade se propõe a uma: prezar por  conceitos como total:

  • Gestão participativa;
  • Gestão e desenvolvimento de recursos humanos;
  • Propósito;
  • Constância;
  • Melhoria contínua;
  • Garantia da qualidade;
  • Controle de processos.

Gestão e Controle da Qualidade: Objetivos da Gestão

Diferente do Controle da Qualidade, a Gestão da Qualidade abrange uma visão holística da Qualidade.

Nesse sentido, esta serve como base para estabelecer princípios e processos que vão nortear a implantação da Cultura da Qualidade na instituição de saúde.

Não obstante a isso, nas instituições em que a Gestão da Qualidade já existe, esta se move para elevar os níveis de excelência dos processos da instituição.

Desse modo, para garantir a Qualidade, é fundamental que a instituição atenda às normas vigentes das legislações a ela referentes. Estas, por sua vez, apontam um modelo efetivo de Gestão da Qualidade para instituição.

Controle da qualidade

O Controle da Qualidade desempenha um papel na garantia da excelência dos serviços prestados por uma instituição.

Nesse sentido, ele representa a fase final de um ciclo de Gestão da Qualidade. Esse ciclo, por sua vez, tem por objetivo, assegurar que os padrões estabelecidos estejam sendo rigorosamente seguidos em todos os processos.

Por meio do Controle da Qualidade, é possível identificar e corrigir eventuais desvios, a fim de assegurar consistência e conformidade com normas e expectativas da instituição.

Por fim, esse controle é uma atividade gerencial que requer monitoramento contínuo e ações corretivas imediatas, quando necessário. Ele envolve a aplicação de técnicas e ferramentas específicas para avaliar a eficácia dos processos e a satisfação dos clientes.

Além disso, o Controle da Qualidade contribui para a melhoria contínua, fornecendo dados para o aprimoramento de processos e aumento da eficiência operacional.

Ferramenta de Gestão da Qualidade

Uma ferramenta de Gestão da Qualidade desempenha um papel crucial em instituições de saúde, facilitando a implementação e manutenção de práticas. Estar práticas, por sua vez, são garantia da excelência dos serviços prestados.

Nesse sentido, tais ferramentas oferecem métodos estruturados para planejar, monitorar e melhorar continuamente os processos. Isto, por sua vez, contribui para a eficiência operacional e a segurança do paciente na instituição de saúde.

Além disso, uma ferramenta de Gestão da Qualidade pode auxiliar na instituição da própria Cultura da Qualidade. Desse modo, promovendo transparência, responsabilidade e comprometimento com a excelência, essas ferramentas auxiliam na criação de um ambiente propício para inovação.

No entanto, para que uma ferramenta de Gestão da Qualidade seja eficaz, é essencial que haja um controle adequado de sua implementação e utilização.

Isso envolve, por sua vez, o estabelecimento de indicadores de desempenho, realização de auditorias internas e externas e a análise sistemática dos resultados obtidos.

Dessa forma, é garantido que os padrões de Qualidade sejam mantidos e aprimorados ao longo do tempo, proporcionando, assim, um atendimento seguro e eficaz.

A qualidade é uma coisa só!

Ainda que gestão e controle da qualidade sejam frentes diferentes, a qualidade é uma coisa só, formada por pilares que sustentam seu principal propósito: o crescimento e o aprendizado organizacional voltados para a satisfação dos clientes e baseados em processos definidos e em conformidade com as normas específicas.

O Quaent foi pensado e desenvolvido para ajudar gestores com todos os processos relativos ao setor da qualidade, da gestão ao controle.

O sistema possui diversos módulos, como Controle Interno da Qualidade, gestão de documentos, não-conformidades, gestão de pesquisa, satisfação do cliente (NPS), pesquisa de clima organizacional, gestão de risco, gestão de treinamentos e reuniões, gestão de auditoria, gestão de equipamentos analíticos e avaliação de fornecedores, com benchmarking comparando seus indicadores com o mercado.

Para saber mais, preencha o formulário de contato! Você também testar o Quaent gratuitamente!

Aproveite para nos acompanhar no FacebookInstagramLinkedIn e YouTube. Esperamos você!