fbpx

maio 21, 2020

A pandemia causada pelo novo coronavírus certamente afetou o dia a dia de diversas empresas ao redor do mundo – mesmo aquelas com planos consolidados de gerenciamento de risco tiveram de se adaptar aos moldes criados pela Covid-19.

A doença potencializou a vulnerabilidade e a fragilidade de todos, e separar os âmbitos social e profissional quando estamos inseridos num cenário de isolamento é uma tarefa complicada. Aos gestores, isso implica um desafio que deve ser enfrentado com proatividade e sabedoria: manter a produtividade e o fluxo de trabalho da equipe.

O bem-estar dos colaboradores é fundamental para que a rotina de trabalho flua de maneira eficiente. O planejamento estratégico construído para enfrentar os efeitos do Sars-Cov-2 deve priorizar ações de suporte aos colaboradores – é a melhor maneira de mantê-los engajados e ativos. Se o isolamento social faz com que as pessoas se sintam aborrecidas, um ambiente de trabalho acolhedor é importante para que este aborrecimento não afete a produtividade da equipe.

Com isso em mente, listamos algumas iniciativas das quais os gestores podem lançar mão para manter o desempenho e o ânimo dos colaboradores durante pandemia. Confira!

Converse abertamente com a equipe

Se a comunicação já era um fator essencial para que as empresas funcionem bem, agora sua importância se tornou ainda mais evidente.

Propor um diálogo franco e aberto é a melhor maneira de entender os anseios e as aflições das pessoas. Em um contexto corporativo, os gestores precisam estar a par do que pensam e sentem os colaboradores, especialmente em um momento delicado como o atual.

Mantenha um canal de comunicação aberto com a equipe – pergunte, questione, esteja próximo e alinhado com ela. Desta forma, elaborar um plano de ação que inclua o bem-estar de cada um se tornará uma tarefa muito mais fácil e orgânica.

Pense em programas focados na saúde física e mental dos colaboradores

Se você estava pensando em implantar um programa de ginástica laboral na empresa, esta é uma excelente oportunidade para tirá-lo do papel.

O isolamento afeta a saúde física e mental dos colaboradores. Com a impossibilidade de sair, praticar exercícios físicos se torna mais difícil, e manter o astral elevado e os níveis de ansiedade controlados também.

Programas que prevejam uma rotina de ginástica laboral ou alongamentos, por exemplo, ou atendimento psicológico à equipe, têm grandes chances de causar efeitos positivos na produtividade e no rendimento. Iniciativas como estas também incitam o engajamento entre os colaboradores, outro fator que colabora com o desempenho individual e coletivo de todos.

Reforce os valores organizacionais e reduza as chances de má conduta

Estresse e descompensação emocional podem dar origem a condutas que destoam dos valores organizacionais das empresas.

É importante, especialmente durante a pandemia, reforçar a visão sob a qual a empresa funciona, e incentivar os colaboradores a agirem de acordo com ela. Vale a pena lembrar a equipe das consequências dos comportamentos antiéticos e dos canais através dos quais se pode denunciá-los.

Trabalhar com reconhecimento também é uma maneira eficaz de diminuir a incidência de condutas em desconformidade com a cultura organizacional da empresa. Reconhecimento (que não necessariamente se reflete em recompensas monetárias) é fonte de motivação e inspiração para toda a equipe.

Bem-estar no laboratório

Em um laboratório de análises clínicas, o cuidado com os colaboradores deve ser redobrado.

Profissionais da área de saúde foram afetados de diversas formas pela pandemia: continuam a trabalhar normalmente, estão mais expostos ao vírus, são constantemente abordados por quem quer informações referentes à situação atual, etc. Mais que isso, além de lidar com os próprios sentimentos, precisam ter disposição para lidar com os pacientes, em sua maioria aflitos e inseguros.

Isto posto, a gestão dos laboratórios precisa levar em consideração a saúde mental dos colaboradores. É importante ouvi-los, entender seus anseios e estar à disposição para colocar em prática iniciativas que prevejam atendimento psicológico à equipe, por exemplo.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) criou um guia com cuidados para a saúde mental durante a pandemia. O documento tem uma sessão especial dedicada aos profissionais de saúde, que aconselha, entre outras coisas, que se “tente utilizar métodos para lidar com a situação, como fazer pausas e descansar entre os seus turnos de trabalho e até mesmo tirar um momento dentro do expediente. Tenha atenção ainda aos seus alimentos para manter uma dieta saudável, fazer exercícios físicos e ficar em contato com a família e com os amigos”.

Cabe aos laboratórios a compreensão e o diálogo irrestritos neste momento. Lembre-se: o colaborador conta com você da mesma forma que você conta com ele. As práticas de bem-estar servem não apenas para melhorar a produtividade, mas também para garantir que a equipe se sinta feliz e orgulhosa do trabalho que realiza. Pense nisso! 

Autora

wpadmin

Gosto de ler, escrever, estudar, ficar com os meus gatos e minha família: no meu tempo livre, gosto de me dedicar às coisas e pessoas - e animais, é claro - que amo. É a melhor forma que encontro de renovar minhas energias e trilhar meu caminho

>