fbpx

julho 2, 2020

Reajustar preços de exames laboratoriais é uma tarefa complexa que exige planejamento, avaliação da satisfação do paciente, sensibilização e engajamento das equipes administrativas e clínicas no estabelecimento.

Os reajustes são necessários para que a empresa se mantenha sustentável financeiramente, especialmente diante das tabelas de reembolso praticada pelas operadoras de planos de saúde.

Sendo assim, é fundamental elaborar estratégias que sejam viáveis para o paciente que perceberá o reajuste de preços e poderá questioná-lo processos aos profissionais clínicos e aos gestores.

Se você quer saber como reajustar preços de exames sem perder a clientela, atente-se aos pontos abaixo!

A problemática da falta de atualização da tabela de preços

Reajustar preços de procedimentos e exames laboratoriais requer um estudo econômico das operadoras de planos de saúde para avaliar a inclusão de novos insumos ou a participação de outros profissionais.

Além disso, implica em verificar as demandas existentes sobre determinado serviço, quantificação das solicitações, preço unitário dos itens que compõem um procedimento, entre outras variáveis.

Caso a avaliação não seja custo efetiva, as empresas de convênio optarão pela manutenção do preço praticado na tabela. Se a modificação for vantajosa financeiramente, ocorrerá o reajuste de preços dos exames.

Sabe-se, no entanto, que esses estudos econômicos são demorados e onerosos, o que nem sempre desperta interesse em executá-los, deixando as empresas prestadoras de serviço sem modificações no valor pago por atividade clínica.

Os gestores dos laboratórios clínicos, portanto, devem criar ferramentas que melhorem a produtividade, reduzam os custos do procedimento, sem influenciar na qualidade da assistência, e prevejam quais são os serviços mais rentáveis para manterem em seus estabelecimentos.

Estratégias gerenciais para minimizar o problema da falta de reajuste

Considerando essa realidade e a dependência financeira dos laboratórios em receber o valor pago por procedimento, ainda que desatualizado, torna-se interessante estabelecer regras internas para minimizar essa questão.

Nesse sentido, é aconselhável investir em estratégias que monitorem os custos por procedimentos, avalie os pontos que caracterizam desperdícios de recursos no laboratório e outros relacionados à conscientização dos colaboradores.

Assim, será possível fazer um diagnóstico situacional, propor medidas em curto, médio e longo prazo, decidir pela continuidade de alguns serviços e excluir aqueles que não são vantajosos financeiramente.

Promova um serviço clínico diferenciado

Atualmente, não é possível realizar mudanças nos valores pagos pelos procedimentos laboratoriais sem ter um motivo plausível para relatar aos usuários, pois as atividades devem ser o mais transparentes possível.

Sendo assim, torna-se imprescindível que os gestores, por meio do treinamento de seus colaboradores, orientem os pacientes sobre os novos reajustes de preços de exames mediante diversos motivos.

Um deles é a implantação do serviço clínico personalizado, que inclui mudanças na efetividade dos exames, devido à aquisição de equipamentos mais sensíveis, específicos e rápidos para a atividade clínica almejada.

Também é interessante trabalhar com serviços personalizados para aqueles pacientes que necessitam de dosagens laboratoriais periódicas para monitoramento de doenças crônicas ou para os atletas de alto desempenho, que têm demanda por exames específicos.

Utilize as críticas a favor da empresa

Aumentar o preço de determinados exames implica em, necessariamente, receber críticas pela situação. No entanto, é possível interpretá-las de forma positiva e implantar medidas que agradem os pacientes.

Dessa forma, é possível elaborar formulários respondendo às críticas observadas, para garantir uma proximidade com o cliente, que são situações que podem amenizar o impacto do aumento de preços por serviços laboratoriais.

Outro ponto interessante é contextualizar os clientes sobre o reajuste de preços, considerando os recentes investimentos em melhorias nos serviços, atendimento às demandas dos órgãos fiscalizadores com padrões de biossegurança, dentre outros motivos.

Faça aumentos gradativos

Reajustar preços de exames deve ser uma proposta a ser realizada gradativamente, para não causar impacto nos clientes frequentes. Por isso, é crucial começar com pequenos ajustes em serviços de maior complexidade.

Assim, o cliente não perceberá um aumento significativo, evitando reclamações desnecessárias e desgastantes no primeiro momento. Todavia, é preciso contextualizar quando esse reajuste será implantado.

Dessa forma, o cliente optará por antecipar a realização de alguns procedimentos para não perder a oportunidade de pagar com o valor antigo, uma vez que já está ciente da data para reajuste dos preços.

Também é interessante que o gestor proponha outras estratégias de pagamento, principalmente aquelas relacionadas a parcelamento sem juros, cheques pré-datados, boletos bancários com prazo estendido para quitação etc.

Acompanhe a percepção do usuário

Um aumento significativo nos preços pode gerar insatisfação e perda de clientes. Por isso, é importante mensurar, por meio de pesquisas de avaliação do atendimento, se essas mudanças foram bem aceitas.

Nesse sentido, é aconselhável que o gestor elabore perguntas direcionadas a essa finalidade para entender o nível de desagrado e, a partir desses resultados, ver a necessidade dos reajustes de preços de exames.

Também é essencial que o gestor acompanhe os preços praticados em outros estabelecimentos, para verificar se o valor praticado está no mesmo nível e, portanto, se terá mais aceitabilidade.

Utilize um software de gestão clínica

Uma das ferramentas de grande valia são os softwares clínicos que apresentam funcionalidades relacionadas à demonstração de resultados financeiros, caracterizando os custos de cada procedimento.

Essa análise poderá ser confrontada com o ressarcimento dos valores pagos por pacotes de serviço a fim de identificar pontos divergentes que geram aumento do consumo de itens em quantidades não reembolsadas.

Além disso, com um software completo, será possível quantificar os exames mais solicitados, daqueles com pouca demanda, o que justificaria a mudança do rol de serviços prestados ao paciente.

O Concent permite aos gestores controlar toda a área administrativo-financeira do laboratório, o que certamente facilita no momento da elaboração de um plano de reajuste dos valores dos exames. 

Para saber como podemos ajudá-lo, entre em contato conosco pelo WhatsApp (43) 3025-8222. Não deixe de nos acompanhar também no Facebook, Instagram e LinkedIn!

Lembre-se: reajustar preços de exames laboratoriais sem perder clientes é uma tarefa desafiadora que requer um diagnóstico financeiro situacional, levantamento das principais demandas pelo serviço, publicidade de todas as medidas a serem tomadas pela empresa e acompanhamento dos resultados dessa mudança. Realizando esse reajuste com moderação e conscientização, é possível que os clientes entendam a necessidade de atualização dos preços.

Autora

wpadmin

Gosto de ler, escrever, estudar, ficar com os meus gatos e minha família: no meu tempo livre, gosto de me dedicar às coisas e pessoas - e animais, é claro - que amo. É a melhor forma que encontro de renovar minhas energias e trilhar meu caminho

>